Chamada Aberta: Abraço Coletivo

Abraço Coletivo é uma exposição que acontece esporadicamente em espaços independentes de arte, compreendendo a potência criativa proporcionada por práticas horizontais e de desconstrução do lugar do artista.

Ampliando as frentes de circulação da produção cultural para além das propostas assimiladas pelo circuito institucional e mercado de arte, a mostra tem como objetivo apresentar um recorte significativo da produção artística contemporânea da cidade e seu campo expandido; visando apresentar o maior número possível de artistas.

Cruzando os espectros que marcam as diferenças geracionais e os diferentes momentos das produções artísticas, é partir da pluralidade e da diversidade poética e conceitual que Abraço Coletivo atua.

A exposição não passa por juízo de gosto, discriminação de carreira (análise de currículo e portfólio) e processo de seleção. É através do entendimento das potencialidades de cada participante que ela se guia, desconstruindo as métricas engessadas e ideias estagnadas que limitam a fluidez da arte.

Com uma diferença de dois anos entre suas edições (tendo sua primeira edição realizada no espaço Saracvra – RJ em comemoração ao primeiro ano de existência do projeto), Abraço Coletivo no Ateliê397 também se dá a propósito de uma conquista a ser celebrada: a comemoração dos 15 anos do espaço e a expansão de suas dependências.

Este é um projeto idealizado pela curadora Paula Borghi, que tem como inspiração a mostra “Artes e Ofícios” organizado, entre eles, pelo curador Márcio Harum no Galpão do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, 2012.

CHAMADA ABERTA:

ABRAÇO COLETIVO NO ATELIÊ397

Esta é uma chamada aberta a todxs!

A sua inscrição acontece presencialmente por você ou um representante. Isto é, caso você não possa comparecer, peça para alguém te representar e levar seu trabalho.

Antes que qualquer coisa, precisamos dizer que não nos responsabilizamos por eventuais danos e furtos da obra durante a exposição. Somos um espaço independente que não tem seguro de obra e tampouco do espaço. Atuamos em mútua confiança e proteção dos cosmos.

Se você está de acordo, saiba que você pode participar com 1 trabalho por artista. São aceitos trabalhos de arte de todas as mídias e gêneros, contanto que a dimensão máxima seja de 1 x 1 x 1 metros.

Se você for apresentar um vídeo, pedimos que nos entregue um arquivo no formato mp4 (siga as instruções de compressão do vimeo), pois teremos uma sala de projeção para expor todos os vídeos em loop, um após o outro. O tempo de duração do vídeo não deve passar de 10 minutos. Oferecemos uma sala de vídeo com projetor, bancos e caixa de som.

Se você for apresentar qualquer outro trabalho que precise de uma mídia específica, por favor traga-a com você. A voltagem do Ateliê397 é 110wz e não dispomos de extensão suficiente para todos.

Se você for apresentar uma performance (máximo de 30 minutos), temos camarim coletivo para antes e depois da ação, com um chuveiro e espelho a duas quadras do espaço. Organizaremos o horário e local da sua performance no dia da inscrição, conforme as necessidades do trabalho.

A inscrição é presencial e acontece no dia 3 de julho, das 14h às 20h. Para se inscrever, traga com você sua obra (ou a do seu amigo). No ato da inscrição, entregamos um certificado de participação no projeto, como forma de agradecimento.

Cada obra será identificada no espaço com um número que será replicado em um mapa com o nome dx artista e da obra. Por isso, se você for trazer o trabalho do seu amigue, não esqueça de perguntar o nome da obra.

A montagem conta com a sua ajuda, dois montadores profissionais e assessoria da curadora Paula Borghi. A montagem acontece no próprio dia de inscrição, por isso aconselhamos a chegar cedo, pois assim você terá mais opções espaciais. Indicamos que traga com você o material de montagem necessário, lembrando que disponibilizamos apenas o básico (martelo, furadeira, escada) que será compartilhado entre todos.

Como atuamos de forma independente, pedimos um valor simbólico de 20 reais por artista inscrito para a manutenção do evento. Este valor deve ser pago em dinheiro no ato da inscrição. Caso este valor esteja fora da sua possibilidade orçamentária, fale com a gente.

Caso queira colocar a venda seu trabalho, temos profissionais para fazê-lo. O valor da venda é dividido em dois, ficando metade para o artista e metade para o Ateliê397. Trabalhamos com cartão de débito e crédito.

Sobre a desmontagem, os trabalhos devem ser retirados dia 20 de julho, ao final da exposição. Os trabalhos que não forem retirados nesta data irão automaticamente para o buraco negro da vida.

ABRAÇO COLETIVO:

6 a 20 de julho de 2019

abertura: 6 e 7 de julho, 14h às 20h

visitação: até 20 de julho, de terça a quinta, 14h às 19h

encerramento: 20 de julho, sábado, 14h às 20h

20 de julho – 16h30 – conversa entre Paula Borghi e Márcio Harum

 

Rua Gonzaga Duque, 148 – Pompeia

Qualquer dúvida escreva para: [email protected]